sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Rede social e estruturas cerebrais

Segundo pesquisadores do Instituto UCL de Neurociência Cognitiva e do Wellcome Trust Centre for Neuroimaging - Tamanho da rede social online reflete a estrutura cerebral. 

Esses pesquisadores estudaram tomografias do cérebro de 125 estudantes universitários - todos usuários ativos do Facebook - e comparou seus achados com o tamanho de sua rede social online. 

Eles descobriram uma forte ligação entre o número de amigos no Facebook e a quantidade de massa cinzenta em várias regiões do cérebro, incluindo a região da amígdala, que é uma região relacionada às respostas emocionais. 

Outra região do cérebro com forte ligação entre o número de amigos no Facebook é o córtex entorrinal direito que está relacionada a formação da memória associativa como memória para nomes e rostos. 

Esses achados apoiam a teoria de que as maiorias dos usuários de Internet utilizam serviços online de redes sociais para manter, reforçar ou solidificar suas relações existentes offline.

Mas esse estudo não pode determinar se a relação entre a estrutura cerebral e participação na rede social surge ao longo do tempo através da aquisição de novas amizade ou, se os indivíduos com uma estrutura cerebral específica estão mais predispostos a adquirir mais amigos do que outros. 

Fonte:
R. Kanai, B. Bahrami, R. Roylance, G. Rees. Online social network size is reflected in human brain structure. Proceedings of the Royal Society B: Biological Sciences, 2011; DOI: 10.1098/rspb.2011.1959

Rosani Ap. Antunes Teixeira
Neurônios no Divã

Nenhum comentário:

Postar um comentário