quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Síndrome de Down - Novas descobertas

A Escola de medicina da Universidade do Colorado está completando um grande teste com um medicamento que pode impulsionar a função cognitiva nos pacientes com síndrome de Down, melhorando significativamente sua qualidade de vida e seu potencial.

Em 2007, o cientista Alberto Costa e sua equipe demonstraram que a droga Memantina pode melhorar a função de memória em ratos com síndrome de Down. Nesse estudo atual, eles estão usando a droga em 39 pessoas com síndrome de Down e espera que a memória e aprendizagem tenham uma melhora significativa.

A Síndrome de Down é um distúrbio genético causado pela presença de um cromossomo 21 extra (trissomia),  e normalmente, essas crianças possuem certas características comuns:

  • Pequenas dobras de pele no canto dos olhos;
  • Língua aumentada e proeminente;
  • Achatamento da parte de trás da cabeça;
  • Orelhas menores;
  • Boca pequena;
  • Mãos e pés pequenos;
  • Algum grau de deficiência intelectual que na maioria dos casos varia de leve a moderada.
Até este momento, não existe um tratamento específico para síndrome de down a fim de reverter a trissomia do cromossomo 21. E o tratamento para essas crianças é na verdade, uma série de medidas para tratar os problemas clínicos decorrentes da síndrome e também uma série de medidas de estimulação precoce para aproveitar todo o potencial da criança.


Fonte: University of Colorado Denver (2011, August 1). Drug may increase cognition for people with Down syndrome. ScienceDaily. 


Rosani Ap. Antunes Teixeira
psic_rosani@yahoo.com.br
Neurônios no Divã: Psicologia e Neurociências

Um comentário: