quinta-feira, 3 de março de 2011

Funções Executivas

Para falar sobre as funções executivas, nada melhor do que começar falando sobre o seu dia a dia. Você acorda, toma banho, café da manhã e sai para o trabalho. Se você prestar atenção verá que na maioria dos dias você estabelece objetivos, como por exemplo, terminar aquele relatório que já está há dias em sua mesa. Então você se planeja para sair um pouco mais cedo de casa. Toma seu banho e café da manhã bem rapidinho e sai para o trabalho, executando assim o que havia planejado.

No final do expediente você avalia os seus resultados, se terminou o relatório, volta para a casa, caso contrário você planeja novamente o que fazer e resolve ficar até um pouco mais tarde para terminá-lo.

Todas essas funções são atribuições das funções executivas:
  • Estabelecer objetivos;
  • Planejar ações;
  • Executar tarefas;
  • Avaliar resultados;
  • Realizar correções.

E ainda tem mais: São as funções executivas que nos permitem pensarmos abstratamente (com esse calor, meu apartamento está um forno!), também temos flexibilidade mental (vou separar minhas músicas por título... Não, pensando bem é melhor por autor), podemos manipular informações (se eu juntar a tinta amarela com tinta azul obtenho a cor verde), planejar e prever (vou sair mais cedo do trabalho e assistir um belo filme) fazer correção de erros (não deu certo dessa maneira, vou fazer diferente), tomar decisões (vou fazer caminhada!) e inibir respostas (estou com muita vontade de encontrar os amigos mas é melhor não ir ao barzinho hoje!).


Quer conhecer mais sobre essa função cognitiva?
Participe de nossos cursos. 
Inscreva-se Já!!!


Rosani Ap. Antunes Teixeira
psic_rosani@yahoo.com.br
Neurônios no Divã: Psicologia e Neurociências

Nenhum comentário:

Postar um comentário